sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Parabéns, Michael Jackson!!

Parabéns, vida longa e respeito ao Rei!! Hoje, dia 29 de agosto de 2008, a maior lenda viva da música pop completa 50 anos. Obrigada, Michael Jackson!!



Pensando em ser Michael Jackson

(Especialmente para os amigos 80istas de plantão.)



Sim, é difícil reconhecer. Dar o braço a torcer. Mas mordam a língua, oitentistas anti-Michael Jackson!! ele estava lá sim, nos anos 80, com todo o seu som, sua dança e sua criatividade. =-)

Apesar de muitos acreditarem que ele faleceu oficialmente em 1979, após lançar a obra-prima Off the Wall.

Quem já era nascido naquela época (e vive hoje metendo o pau no Michael) certamente se esquece que já dançou e sacudiu muito nas matinês, pistas e discotecas ao som de Michael. Ou tem amnésia, ou então não viveu os anos 80 coisa nenhuma.

Por que as baladas "Anos 80" simplesmente não tocam nada de Michael Jackson??

Como esquecer Beat It, Billie Jean, Get on the Floor, The Way You Make Me Feel, Rock With You? E Can you Feel It, copiada e sampleada ad nauseam até hoje por todo DJ que se preze?

Eu também conheço relatos de que houve muita cueca melada ao som de Human Nature e I Just Can't Stop Loving You.

Olha, meter o pau é fácil!! Difícil é ser Michael Jackson.

É fácil meter o pau num cara que pariu dois dos 10 melhores álbuns da história da música - Off the Wall e Thriller. É facinho avacalhar um cara supertalentoso, que praticamente nasceu cantando e dançando que nem gente grande. E de quem sempre foi exigido, desde a sua mais remota infância, que fizesse sempre o melhor. Cada vez mais, cada vez melhor. A vida inteira, recorde atrás de recorde.

E ainda agüentar o chato do Joe Jackson zoando seu nariz, e dando porrada a torto e a direito. É de pirar o cabeção de qualquer um.

Vamos, chutem, critiquem!! Se coloquem no lugar de Michael Jackson, e façam melhor que ele!!

Quando vocês alcançarem o título de Rei da música Pop, e venderem 100 milhões de cópias de um único disco, podem vir conversar comigo.

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

O silêncio dos bons

  • Diamantina, interior de Minas, 1914.
    O jovem Juscelino Kubitschek, de 12 anos, ganha seu primeiro par de sapatos. Passou fome. Jurou estudar e ser alguém. Com inúmeras dificuldades, concluiu Medicina e se especializou em Paris. Como presidente, modernizou o Brasil. Legou um rol impressionante de obras e amantes; humilde e obstinado, é (e era) querido por todos.
  • Brasília, 2003.
    Lula assume a presidência. Arrogante, se vangloria de não ter estudado. Acha bobagem falar inglês. "Tenho diploma da vida", afirma. E para ele basta. Meses depois, diz que ler é um hábito chato. Quando era sindicalista, percebeu que poderia ganhar sem estudar e sem trabalhar - sua meta até hoje, ao que parece.

  • Londres, 1940.
    Os bombardeios são diários, e uma invasão aeronaval nazista é iminente. O primeiro-ministro W. Churchill pede ao rei George VI que vá para o Canadá. Tranqüilo, o rei avisa que não vai. Churchill insiste: então que, ao menos, vá a rainha com as filhas. Elas não aceitam e a filha mais velha entra no exército britânico; como tenente-enfermeira, sua função é recolher feridos em meio aos bombardeios. Hoje ela é a rainha Elizabeth II.
  • Brasília, 2005.
    A primeira-dama Marisa requer cidadania italiana - e consegue, furando uma fila de espera de 20 anos. Explica, candidamente, que quer "um futuro melhor para seus filhos".

  • Washington, 1974.
    A imprensa americana descobre que o presidente Richard Nixon está envolvido até o pescoço no caso Watergate. Ele nega, mas jornais e Congresso o encostam contra a parede, e ele acaba confessando. Renuncia nesse mesmo ano, pedindo desculpas ao povo.
  • Brasília, 2005.
    Flagrado no maior escândalo de corrupção da história do País, e tentando disfarçar o desvio de dinheiro público em caixa 2, Lula é instado a se explicar. Ante as muitas provas, Lula repete o "eu não sabia de nada!", e ainda acusa a imprensa de persegui-lo. Disse que foi "traído", mas não conta por quem.

  • Londres, 2001.
    O filho mais velho do primeiro-ministro Tony Blair é detido, embriagado, pela polícia. Sem saber quem ele é, avisam que vão ligar para seu pai buscá-lo. Com medo de envolver o pai num escândalo, o adolescente dá um nome falso. A polícia descobre e chama Blair, que vai sozinho à delegacia buscar o filho, numa madrugada chuvosa. Pediu desculpas ao povo pelos erros do filho.
  • Brasília, 2005.
    O filho mais velho de Lula é descoberto recebendo R$ 5 milhões de uma empresa financiada com dinheiro público. Alega que recebeu a fortuna vendendo sua empresa, de fundo de quintal, que não valia nem um décimo disso. O pai, raivoso, o defende e diz que não admite que envolvam seu filhinho nessa "sujeira".

  • Nova Délhi, 2003.
    O primeiro-ministro indiano pretende comprar um avião novo para suas viagens. Adquire um excelente, brasileiríssimo BEM-195, da Embraer, por US$ 10 milhões.
  • Brasília, 2003.
    Lula quer um avião novo para a presidência. Fabricado no Brasil não serve. Quer um dos caros, de um consórcio anglo-alemão. Gasta US$ 57 milhões e manda decorar a aeronave de luxo nos EUA.

"O que mais preocupa não é o grito dos violentos,
nem dos corruptos, nem dos desonestos, nem dos sem ética.
O que mais preocupa é o silêncio dos bons."
Martin Luther King

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Feliz Aniversário, meu amor.



Eu sei e você sabe
Já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo
levará você de mim.

Eu sei e você sabe
Que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste.

Por isso meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham a você.

Assim como o oceano
Só é belo com o luar
Assim como a canção
só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é bem grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você.

(Vinícius de Morais)

Beto...
Te amo.
Te amei desde sempre.
E sempre te amarei.

Lu
22/08/2008

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Dicas pra manter um bom nível de insanidade cotidiana



1) No seu horário de almoço, sente-se no seu carro estacionado, coloque seus óculos escuros e aponte um secador de cabelos para os carros que passam. Veja se eles diminuem a velocidade.
2) Sempre que alguém lhe pedir para fazer alguma coisa, pergunte se quer que fritas acompanhem.

3) Coloque a sua lata de lixo sobre a mesa e escreva "Entre" nela.

4) Termine todas as suas frases com "de acordo com a profecia".

5) Sempre que possível, pule ao invés de andar.

6) Cante junto na ópera.

7) Descubra onde o seu chefe faz compras e compre exatamente as mesmas roupas. Use-as um dia depois que o seu chefe usá-las. Isso é especialmente efetivo se o seu chefe for do sexo oposto.

8) Coloque uma tela de mosquitos ao redor da sua escrivaninha. Toque um CD com sons da floresta durante o dia inteiro.

9) Quando sair dinheiro do caixa eletrônico, grite.

10) Ao sair do zoológico, corra na direção do estacionamento gritando "Salve-se quem puder, eles estão soltos!".

sábado, 16 de agosto de 2008

Feliz Aniversário, Rainha do Pop!!

16 de Agosto, aniversário de uma grande "ídala" - Madonna!! :D
Maravilhosa, linda, poderosa, talentosa, versátil e gostosona aos 50 anos.

(E eu com 29 já estou só o pó... que vergonha tsc tsc tsc...)

God Save the Queen!!!!

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Documentário sobre Clara Nunes será exibido no 19º Festival Internacional de Curtas-Metragens

Aê pessoal!!

O documentário "A Tal Guerreira", do diretor Marcelo Caetano, e que foi filmado no aqui Bar do Beto em abril de 2008, será exibido no 19º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo.

Os locais e horários de exibição de "A Tal Guerreira" são os seguintes:

22/08 - 16H00 - Centro Cultural São Paulo
24/08 - 18H00 - Espaço Unibanco Pompéia
25/08 - 20H00 - Cinemateca - Sala Petrobras


Compareçam e prestigiem o trabalho que ajudamos a fazer!!! :)

Beijão!!
Beto e Lu :)

Sinopse do filme:
http://www.kinoforum.org.br/curtas/2008/detalhe.php?c=15770&idioma=1

A Tal Guerreira


Marcelo Caetano
Brasil(SP), 2008
Doc - 14' - Cor
Beta SP

Um sound-system no cemitério. Go-go boys nos atabaques. Uma televisão no terreiro. Um filme sobre o sagrado e o profano nas incorporações do mito Clara Nunes.

Roteiro: Marcelo Caetano
Fotografia: Jurandir Müller
Montagem: Pedro Marques
Música original: Barão di Sarno, Lucas Martins
Produção: Jurandir Müller
Companhia produtora: Paleo TV
Som direto: Patricio Salgado

Marcelo Caetano
marcelo@paleotv.com.br

Veja a programação completa do 19º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo no site: http://www.kinoforum.org/. Período do Festival: 21 a 29 de agosto de 2008.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Aí galera!! Vacinação contra a rubéola!!

Eu "se" vacinei hojeeee!!! :D :D

De 09 de agosto a 12 de setembro deste ano, toda a população de homens e mulheres na faixa etária dos 20 aos 39 anos (exceto gestantes!) deverão ser vacinados com a Dupla Viral.

O objetivo dessa campanha é a erradicação da Rubéola.

Para quem não sabe, se uma gestante for contaminada com o vírus poderá ter um filho com sérias complicações, como: retardo mental, surdez, problemas cardíacos, etc...

A população masculina nunca foi vacinada contra a Rubéola. No entanto, os homens podem transmitir o vírus para outras pessoas, inclusive gestantes que ainda nem sabem que estão grávidas.

Todos temos o dever de colaborar!

Ajudem a divulgar a campanha mandando esta mensagem para sua família e amigos.

Vamos todos fazer parte desta história e ajudar a erradicar a Rubéola do Brasil. Esse foi um compromisso que nosso país assumiu na OPAS e foi pactuado entre Estados e Municípios.

FAÇA A SUA PARTE: DIVULGUE E VACINE-SE!

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Vaca Profana



(Caetano Veloso)

Respeito muito minhas lágrimas
Mas ainda mais minha risada
Inscrevo, assim, minhas palavras
Na voz de uma mulher sagrada.
Vaca profana, põe teus cornos
Pra fora e acima da manada
Vaca profana, põe teus cornos
Pra fora e acima da manada.

Dona das divinas tetas
Derrama o leite bom na minha cara
E o leite mau na cara dos caretas.

Segue a movida madrileña
Também te mata Barcelona
Napoli, pino, pi, pau, punks
Picassos movem-se por Londres
Bahia, onipresentemente
Rio e Belíssimo Horizonte
Bahia, onipresentemente
Rio e Belíssimo Horizonte.

Vaca de divinas tetas
La leche buena toda en mi garganta
La mala leche para los puretas.

Quero que pinte um amor Bethânia
Stevie Wonder, Andaluz
Mas do que tive em Tel Aviv
Perto do mar, longe da cruz
Mas em composição cubista
Meu mundo thelonius monk`s blues
Mas em composição cubista
Meu mundo thelonius monk`s blues

Dona das divinas tetas
Quero teu leite todo em minha alma
Nada de leite mau para os caretas.

Sou tímido e espalhafatoso
Torre traçada por Gaudi
São Paulo é como o mundo todo
No mundo, um grande amor perdi
Caretas de Paris e New York
Sem mágoas, estamos aí
Caretas de Paris e New York
Sem mágoas, estamos aí

Vaca das divinas tetas
Teu bom só para o oco, minha falta
E o resto inunde as almas dos caretas.

Mas eu também sei ser careta
De perto, ninguém é normal
Às vezes, segue em linha reta
A vida, que é meu bem, meu mal
No mais, as ramblas do planeta
orchaita de chufa si us plau...
No mais, as ramblas do planeta
orchaita de chufa si us plau...

Deusa de assombrosas tetas
Gotas de leite bom na minha cara
Chuva do mesmo bom sobre os caretas.

sábado, 2 de agosto de 2008

A história de Maria e Margarida

Djavan teve uma mulher chamada Maria. Os dois teriam uma filha que se chamaria Margarida, mas sua mulher teve um problema na hora do parto e ele teve que optar por ela ou por sua filha.

Perdeu as duas por obra do destino.

E agora? é possível entender a letra da música, sobre o ponto de vista de Djavan para o mundo, transformando sua dor em arte?



Flor de Lis

Valei-me, Deus!
É o fim do nosso amor
Perdoa, por favor
Eu sei que o erro aconteceu
Mas não o sei o que fez
Tudo mudar de vez
Onde foi que eu errei?
Eu só sei que amei,
Que amei, que amei, que amei...

Será talvez
Que minha ilusão
Foi dar meu coração
Com toda força
Pra essa moça
Me fazer feliz?
E o destino não quis
Me ver como raiz
De uma flor de lis
E foi assim que eu vi
Nosso amor na poeira, poeira
Morto na beleza fria de Maria.

E o meu jardim da vida
Ressecou, morreu
Do pé que brotou Maria
Nem Margarida nasceu.


"Aproveite cada momento da sua vida ao máximo, passe o maior tempo possível com as pessoas que você ama, torne estes momentos inesquecíveis.
Aproveite a sua vida! Problemas, esses todos temos, podem ter certeza!
A diferença? saber que um dia todos eles, mais cedo ou mais tarde, vão se resolver, e, provavelmente, daí surgirão os outros. Não podemos ficar esperando a ausência de problemas para sermos felizes!
A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego... de tanto rir, de surpresa, de êxtase, de felicidade."

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Agosto chegou...



Agosto
(Max de Castro)

Quando será que eu vou encontrar paz pro meu coração?
Se eu não enlouquecer de amor, eu vou ver minha vida acabar.
E pensar em você é um alívio... arrasa a solidão
Mas logo torna-se um precipício, pesadelo que vaga pelo ar.

As coisas que eu penso e que ninguém quer entender,
As coisas que eu faço e que ninguém deseja ver,
É por essas e por outras que eu preciso de você.
Só você sabe como e por quê.

Queria chegar e te abraçar
E pelo coração te amarrar
Em vez de te ligar, eu queria te beijar
E todos os meus sonhos iriam acordar.